Um pouco mais sobre a síndrome do pânico

Um pouco mais sobre a síndrome do pânico

Aposto que algumas pessoas devem ter pensado o seguinte após ler meu texto anterior: “Como um cara se expõe desse jeito! Falou algo tão pessoal”. Para quem não leu, no último post contei como descobri que estou com Síndrome do Pânico.

Escrevi com o coração mesmo, e para impactar todo mundo! Com certeza é algo muito particular, mas fico pensando em nosso papel como blogueiro ou o que chamam por aí de “influenciador digital”, com um tantão de gente nos acompanhando. Sinto-me na responsabilidade de ajudar as pessoas, mesmo saindo do propósito direto da comunidade Pai Tem Que Fazer de Tudo. PERAÍ, PELO CONTRÁRIO, TEM TUDO A VER! SOU PAI E PRECISO TER SAÚDE! 

Esse tipo de assunto acaba virando um tabu, e eu entendo. Tem pessoas ligadas ao trabalho que já podem achar que você virará um problema para a empresa ou se tornará piada na escola/família. É claro que você não precisa postar isso no Facebook como eu fiz. Se estiver sentindo alguns sintomas como os que citei, busque ajuda rápido. Não deixe a bola de neve crescer. Não se isole. FORÇA! Não tenha medo de procurar um psiquiatra, por exemplo! Meu caso não é tão grave, mas pode mudar rapidamente de status. Estou melhor com os remédios, mas falta ainda fazer atividade física. Podem puxar a minha orelha!

Como resultado do meu post, recebi muitas palavras de incentivo e de carinho, tanto nos comentários da minha página particular, quanto no WhatsApp e por mensagens inbox. Provavelmente, parte destas pessoas já passaram ou estão passando pelo mesmo problema, e decidiram se expor – mais intimamente – para tentar me ajudar ou desebafar. E essa é a jogada! Debatendo ou tornando algo público, as pessoas se ajudam! As redes sociais não existem somente para posts do tipo “publicidade de margarina”! 

Aproveito para agradecer a todo mundo!

 O post “Um pouco mais sobre a síndrome do pânico” apareceu primeiro no portal Canguru BH
Summary
Um pouco mais sobre a síndrome do pânico
Article Name
Um pouco mais sobre a síndrome do pânico
Description
É justamente por ser pai que é preciso estar com a saúde firme. O meu relato sobre a síndrome do pânico é para levantar essa discussão. Se estiver sentindo sintomas como os que eu citei, busque ajuda rápido. Força!
Author
Publisher Name
Pai tem que fazer de tudo
Publisher Logo
The following two tabs change content below.
Bruno M. Santiago

Bruno M. Santiago

Sou o Bruno, apaixonado pela esposa, Tereza, enlouquecido pela oportunidade de ser pai do Samuca. Com este sentimento inexplicável, decidi criar uma rede formada por PAIS.
Bruno M. Santiago

Latest posts by Bruno M. Santiago (see all)

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This